Quantas linguagens de programação aprender?

Quantas linguagens de programação aprender? Se eu ganhasse um real por cada vez que ouvi essa pergunta, eu teria ganhado uma bolada já!

Essa questão é bastante simples, e em termos gerais é possível sim estimar aproximadamente quantas linguagens você precisa conhecer e em que momentos você deve aprender elas.

É aí que entra a grande questão: como estimar quantas linguagens eu vou precisar conhecer? Isso depende de uma série de fatores que eu vou explicar na sequência para você.

Uma coisa você NÃO deve pôr na cabeça é de que é necessário conhecer todas as linguagens de programação, ou então que deve conhecer várias delas para procurar o primeiro emprego. Sabe por quê? Assista ao vídeo que eu preparei sobre esse tema que você vai descobrir!

Agora que você assistiu ao vídeo sobre quantas linguagens de programação você deve aprender, você deve estar bem tranquilo em saber que são apenas 47 linguagens rsrs!

Brincadeiras a parte, espero que as considerações apresentadas no vídeo tenham ajudado você a esclarecer a questão principal. No fundo, a pergunta certa é: quando sabemos que precisamos aprender uma linguagem de programação?

O número de tecnologias que você vai atuar no decorrer da sua jornada como programador provavelmente vai ser mediano, porém você não precisa conhecer todas no mesmo momento.

O momento certo de aprender uma nova linguagem depende de vários fatores, tais como a política da empresa, tipos de projeto, plataforma utilizada, entre outros fatores mencionados no vídeo.

É importante saber também que você não vai conseguir ser especialista em todas elas. Provavelmente vai ter as linguagens que você atua com maior frequência e, consequentemente, dominará mais, porém não há a necessidade de se cobrar a API inteira de todas elas memorizadas na cabeça.

Portanto, pare de se preocupar com problemas futuros, aqueles que talvez você nunca tenha. Deixe a vida fluir e vá aprendendo as tecnologias que forem aparecendo conforme necessário em seus projetos e seja feliz!

Agora vou lá estudar uma nova linguagem de programação e tomar meu cafezinho. Te vejo em breve por aqui, um forte abraço e até mais!

Sobre o autor

André Milani

André Milani

André Milani é formado em Ciência da Computação pela PUC-PR, pós-graduado em Business Intelligence pela mesma instituição e possui diversas certificações na área de TI. É também autor de vários livros na área de informática, entre eles livros sobre programação PHP, iOS e bancos de dados, pela editora Novatec. Atua desde 2003 com desenvolvimento web e treinamentos de profissionais. Também é desenvolvedor de aplicativos para o ambiente iOS da Apple, possuindo aplicações que juntas somam mais de 130.000 downloads na AppStore. Atualmente é autor de diversos cursos online de programação que podem ser encontrados no site da Softblue.

Comentários (10)

  • Rafael Valle

    Olá!
    Até o momento, tive contato com pelo menos 7 linguagens, mas posso dizer que delas escolhi uma principal, que é o Java. Em segundo plano PHP e JavaScript. Das 7, uma eu nem se ainda existe, mas era meu ganha pão entre 2003 e 3009 que era o ActionScript, pra mostrar que tem coisa que tem que prestar bem mesmo atenção se vale a pena aprender, pois diferente do tempo que vivi da Web, hoje o AS nem é usado mais. Quando entrou a revolução do HTML 5, parei de trabalhar com Web, me sentindo desmotivado por ter investido tempo em trabalhos que acabaram sendo descontinuados, mas hoje, com 14 anos de TI, tenho uma visão muito diferente e fico muito maravilhado com a variedade de tecnologias a se aprender. Tô aprendendo muito no Curso Carlos, os seus, Milani, estão separadinhos na minha página de aluno da Softblue e essa atualização conjunta com novos aprendizados está sendo fantástica!

    • André Milani
      André Milani

      Show de bola Rafael! É isso mesmo, eu lembro do ActionScript, trabalhei um pouco com ele também! Algumas tecnologias somem, outras ficam, o importante é equilibrar a equação 😉

  • Gustavo Costa

    Olá, Sr. André, como sou surdo de nascimento, por favor, valorize a acessibilidade e ofereça legenda aos programadores surdos que assistirem aos vídeos.

    Quanto à pergunta, depende da empresa, da agência e da instituição. Cada agência, empresa e instituição têm próprios requisitos. Por exemplo, para trabalhar na NASA, C, C++, Fortran, Pascal, Perl e Python são requeridos; para vender aplicativos no Google Play, Go, Java, Kotlin e XML são requeridos; na Google, C, C++, Go, Java, JavaScript, Kotlin, Perl, PHP e Python; na Apple, C++, Cocoa, Objetive-C e Swift e na Canonical para desenvolver e contribuir com Ubuntu, apenas C, C++ e Python são requeridos. Há outras agências, empresas e instituições que requerem outras linguagens de programação de baixo e alto níveis.

    Sou surdo de nascimento, já fui autodidata de informática e línguas estrangeiras desde 9 anos e de linguagens de marcação e de programação desde 18 anos. Hoje com 28 anos, sei 15 línguas estrangeiras e conheço 10 linguagens de marcação e programação e sou estudante de ciência da computação e estou no último ano. Após me formar, quero fazer mestrado em engenharia aeroespacial, focando-se na engenharia astronáutica, como CFD e autopilotamento, com linguagens de programação.

    • André Milani
      André Milani

      Sensacional Gustavo! A escolha das linguagens acaba dependendo mesmo dos objetivos de cada um, seu raciocínio está certinho! Se for para focar em uma empresa específica, tem que conhecer já algumas das escolhas da empresa.

      Temos planos de evoluir a acessibilidade de nossos cursos sim Gustavo, ainda estamos pendentes com isso!

      Sucesso em sua empreitada meu caro, grande abraço!!

  • Marcel Motta

    Parabéns André e Carlos!

    Tinha apenas conhecimento em C e pouco de Pascal e muita dificuldade em linguagem OO, fiz o curso Java fundamentos com vocês e está me abrindo a mente, adorei o conteúdo, estou revisando e em breve inicio Java Avançado. Pretendo depois fazer PHP com vocês.

    Parabéns pela didática, material e dedicação.

    Abraços

    • André Milani
      André Milani

      Obrigado Marcelo!! Apavora em seus estudos aqui conosco meu amigo 😉

  • claudineydsilva@gmail.com

    muito bom parabéns pela explicação

  • Igor Roberto

    Amigos, boa tarde!
    Gostaria de agradecer os posts que são publicados, são muitos bons.
    Também gostaria de saber, quando ocorrerá novamente um novo WORKSHOP sobre a linguagem de programação JAVA.
    A última que ocorreu, tentei acompanhar, mas devido ao meu trabalho não foi possível, o pouco que assisti adorei e me ajudou muito.
    Muito Obrigado pela atenção,
    Grande abraço,
    Igor.

    • Carlos Tosin
      Carlos Tosin

      Olá, Igor! Fique atento aos nossos e-mails, sempre avisamos tudo por lá! Abraço!

Deixe uma resposta para Marcel Motta Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *