Paradoxo do fracasso

Eu adoro paradoxos! Eles são bizarros e nos fazem pensar. Lembro muito também dos paradoxos apresentados no Big Bang Theory rsrs!

Bom, mas o tema de hoje é justamente o paradoxo do fracasso: é impressionante como o fracasso está intimamente ligado com a jornada para chegar no sucesso.

Não só o fracasso, mas também, a prática. Talvez fracasso e prática estejam relacionados também. Uau, esse tema pode ficar complexo hein? Mas pra facilitar um pouco a sua vida, eu preparei esse material bem legal sobre o tema, não deixe de conferir:

Agora você sabe um pouco mais sobre o quanto o fracasso é importante, mas não pelo fracasso em si, mas sim, pelas ações que são feitas para chegar nele e que agregam muito conhecimento e experiência.

Praticar é fracassar… Fracassar é aprender… Aprender é praticar diferente… Praticar diferente é o que você precisa até encontrar o sucesso!

Um forte abraço e nos vemos na próxima! Até mais!

Sobre o autor

André Milani

André Milani

André Milani é formado em Ciência da Computação pela PUC-PR, pós-graduado em Business Intelligence pela mesma instituição e possui diversas certificações na área de TI. É também autor de vários livros na área de informática, entre eles livros sobre programação PHP, iOS e bancos de dados, pela editora Novatec. Atua desde 2003 com desenvolvimento web e treinamentos de profissionais. Também é desenvolvedor de aplicativos para o ambiente iOS da Apple, possuindo aplicações que juntas somam mais de 130.000 downloads na AppStore. Atualmente é autor de diversos cursos online de programação que podem ser encontrados no site da Softblue.

Comentários (8)

  • Daniel

    Gostei muito do tema, o que mais chamou a minha atenção foi advertir nunca parar de fazer, mesmo errando seu aprendizado não é desperdiçado e sempre procurar algo de qualidade para estudar !

  • Raciocínio lógico

    creio que o grande entrave para quem quer aprender programação seja o raciocínio lógico, a capacidade de interagir com o código fazendo parte dele, fazer com que a mente comece a se comportar, nem que por instantes, como um processador daquele código, transportando-se através de loops, de arrays, de condições, de forms, como o sangue percorrendo o corpo… Tlvz, para uns, isso gaste muita energia, enquanto para outros é quase um divertimento. Gostar de matemática e de filosofia pode ser um bom indício de um bom programador, mesmo que ele não tenha despertado para essas disciplinas.

    • André Milani
      André Milani

      Faz muito sentido! A parte da lógica pode pegar mesmo no começo, mas quando a pessoa está com gosto pelo tema, acaba fuçando até compreender 😉

  • Diogo dos Santos

    E ai Andre blz então cara to nessa ai, fazendo faculdade de ciência da computação, quando me vi tava meio para baixo desanimado cem entender nada do curso, dai conheci a softblue que me fez ver a computação com outros olhos estou fazendo o curso de logica que ta me levando a entender totalmente o que não aprendi na faculdade.

    • André Milani
      André Milani

      Show Diogo! A gente ouve muitas histórias como a sua por aqui, por isso tentamos destrinchar todos os temas em nossos cursos 😉

  • Marcos Pablo

    Opa! Falou em Flávio Augusto eu fiquei animadoo professor, ele é um grande mestre! Vai estar lá no Power House? Queria conhecer vocês pessoalmente… Eu aprendo muito com a softblue, já fiz uns 3 ou 4 cursos aqui e tenho mais 2 (já comprados) a fazer… Rsrsrs

    • André Milani
      André Milani

      Fala Marcos! Não vou no Power House, mas acho tanto ele quanto o evento incríveis! Tá aí uma pessoa que dá para aprender coisas novas todos os dias, sejam lições para o lado profissional ou pessoal =D

Deixe uma resposta para Daniel Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *