Como fazer contrato

Muitos de meus alunos são empreendedores e querem montar suas próprias empresas para atuar com programação, e destes eu recebo muitas dúvidas sobre como fazer contrato de prestação de serviços com o cliente.

Como muitos sabem, por alguns anos eu tive uma empresa atuando com desenvolvimento e pude experimentar na pele todos os detalhes dessa experiência, seja da parte contratual, ou empresarial como um todo.

Este vídeo traz as minhas principais recomendações sobre contrato para quem vai empreender, não deixe de conferir:

Deu para ver que a coisa não é simples, certo? Mas também, que tem solução.

O importante é organizar ao máximo os requisitos do sistema: documente o máximo que conseguir. Faça um esforço para tentar extrair da cabeça do cliente todos os detalhes que ele precisa no sistema que está sendo negociado.

Se for o caso, pesquise sobre métodos de análise de requisitos, isso pode ajudar a organizar as coisas.

Conforme aprofundado no vídeo, especifique claramente o que faz parte do projeto, e o que não faz. São detalhes simples e bobos que, quando esquecidos, tornam-se os grandes vilões da relação cliente e fornecedor.

Não deixe de seguir as dicas apresentadas no vídeo sobre pagamento, cancelamento, multas e prazos. Conforme foi citado, várias coisas podem acontecer envolvendo esses assuntos, e geralmente ocorrem quando menos esperamos.

Espero que este vídeo tenha ajudado um pouco você a bolar o seu primeiro contrato base.

Nos vemos em breve por aqui, um grande abraço e até mais!

Sobre o autor

André Milani

André Milani

André Milani é formado em Ciência da Computação pela PUC-PR, pós-graduado em Business Intelligence pela mesma instituição e possui diversas certificações na área de TI. É também autor de vários livros na área de informática, entre eles livros sobre programação PHP, iOS e bancos de dados, pela editora Novatec. Atua desde 2003 com desenvolvimento web e treinamentos de profissionais. Também é desenvolvedor de aplicativos para o ambiente iOS da Apple, possuindo aplicações que juntas somam mais de 130.000 downloads na AppStore. Atualmente é autor de diversos cursos online de programação que podem ser encontrados no site da Softblue.

Comentários (17)

  • Marco Antonio Pivetta

    Ótimas dicas. Além de ser apaixonado por programação, estudei Direito e fiz especialização em contratos empresariais. Não tenho a intenção de promover nenhum serviço, porque sou funcionário público há anos. Para redigir um contrato, também é importante conhecer a legislação que regula o que está sendo contratado. No caso da prestação de serviços, recomendo conferir as disposições do Código Civil e o Código de Defesa do Consumidor. Um contrato bem feito evita desnecessários desententimentos entre os contratantes e até mesmo processos judiciais. Eu sugiro que consultem um advogado para orientar sobre as cláusulas essenciais, para fazer uma revisão geral e para orientar sobre as primeiras providências em caso de descumprimento. É lugar comum, mas é verdadeira a afirmação de que é melhor prevenir do que remediar. Com isso, o profissional já terá um modelo básico sobre o qual poderá redigir outros semelhantes. Programadores, Médicos e Advogados não são todos iguais. Trate de selecionar um profissional em que você possa confiar em caso de necessidade.

    • André Milani
      André Milani

      Verdade Marco, esqueci de mencionar na postagem que uma ajuda especializada é sempre bem-vinda!

  • Thomás Silveira

    Muito bom vídeo! Penso em montar uma empresa algum dia, e tenho certeza que esse vídeo vai me ajudar.
    Sugestão de Tema: pessoas entrando no mundo da programação sem nenhuma graduação de ensino superior.

    • André Milani
      André Milani

      Excelente tema Thomás! Já está no meu radar de próximos assuntos 😉

  • Vitor

    Muito bom os vídeos desse on fire, poderia fazer um vídeo sobre free lancer “os processos legais que tem quer fazer para trabalha na área”

    • André Milani
      André Milani

      Oi Vitor! A área de freelancer é um pouco mais informal, você pode começar suas pesquisas conhecendo alguns sites como o Workana.com e o Freelancer.com, que auxiliam este tipo de transação.

  • Vinicius Prado

    Muito legal e válido este assunto. Muitas vezes temos a oportunidade de fazer freelas, mas temos dificuldades em fechar o serviço e essas dicas são o fundamento para iniciar uma boa relação com o cliente.
    Espero mais conteúdo como este.

  • Cássio Oliveira

    Excelente vídeo! Eu estou começando a fazer uns freelas e vou precisar fazer uns contratos. A única coisa que faltou foi realmente você deixar um modelo de contrato pra fechar tudo o que falou!

    • André Milani
      André Milani

      Oi Cássio! Modelos tem vários na internet, o importante é captar alguns dos conceitos mesmo, e logicamente, ir adaptando ao seu caso e aos seus projetos 😉

  • Edvaldo Junior

    Olá André!
    Gostei muito das dicas mas gostaria que você fizesse um vídeo sobre como mensurar um valor de um sistema, eu acho que esse assunto é muito delicado e envolve muita técnica.
    Fica a dica.

    • André Milani
      André Milani

      Edvaldo, o tema de precificação eu vou abordar na minha próxima postagem, vai ser publicado na terça-feira dia 07/08/18! É só aguardar =D

  • Marcos Pablo

    Nossa, tava precisando de um vídeo desse, estou prestes a fechar um contrato! Obrigado André! Minha sugestão: Quanto cobrar por um sistema?

    • André Milani
      André Milani

      Marcos, o tema de precificação eu vou abordar na minha próxima postagem, vai ser publicado na terça-feira dia 07/08/18! É só aguardar =D

      • Marcos Pablo

        Obrigadooo =D Vocês são demais!!! Vou tatoar Softblue na veia. Rsrsrs

  • Aislan

    Dicas ótimas, era isso que eu estava precisando, de algo simples e fácil, porém para fazer existe todo um processo, mas que da forma que você explicou é só ir passo a passo que da certo, obrigado agradeço a existência da soft blue.

    • André Milani
      André Milani

      Isso! As dicas servem para dar um pontapé inicial, a partir daí é só ir adaptando e evoluindo o seu próprio modelo e experiências =D

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *